Transformação perigosa

Coringa (Joker) é um filme americano de 2019 dirigido por Todd Phillips, que também ajudou a escrever o roteiro para as telonas. O filme, baseado nos personagens da DC Comics, apresenta a estrela Joaquin Phoenix como o Coringa. Com uma história original passada em 1981, o filme segue Arthur Fleck, um comediante fracassado que entra para a vida do crime e caos na cidade de Gotham. Robert De Niro, Zazie Beetz, Frances Conroy, Brett Cullen, Glenn Fleshler, Bill Camp, Shea Whigham e Marc Maron aparecem em outros papéis durante o filme. Que tal brincar um pouco na roleta online depois de ler este artigo?

Coringa foi produzido pela Warner Bros. Pictures, DC Films e Joint Effort em associação com a Bron Creative e Village Roadshow Pictures, e distribuído pela Warner Bros. Continue lendo este artigo para saber ainda mais sobre a transformação do personagem principal!

1. Um pouco da história

Para começar o nosso artigo, vamos falar um pouco sobre a história do nosso vilão. Em 1981, Arthur Fleck é um palhaço de festa e aspirante a comediante que vive com sua mãe, Penny, em Gotham City. Gotham está cheia de crime e desemprego, deixando segmentos da população desamparados e esquecidos.

Arthur sofre de uma doença que o faz rir em momentos inadequados e depende dos serviços sociais para a medicação. Após o ataque de uma gangue, o colega de Arthur, Randall, lhe dá uma arma. Arthur convida sua vizinha e mãe solteira Sophie ao seu show de stand-up comedy, e eles começam a namorar. O resto é história…

2. Comentário social

Coringa lida com temas de doença mental e seus efeitos. Sua interpretação do Coringa foi descrita como inspirada naqueles que cometem tiroteios em série nos Estados Unidos. Alguns escritores expressaram preocupação, alegando que a exibição simpática de Coringa de um maníaco homicida poderia inspirar violência no mundo real.

Micah Uetricht, diretor geral de Jacobin, opinou em uma revisão publicada pelo The Guardian que ele ficou chocado com o fato de que a mídia não entendeu a mensagem do filme: “temos uma condenação direta à austeridade americana, como ela deixa os vulneráveis sofrendo sem os recursos de que precisam, e as horríveis consequências para o resto da sociedade”.

3. Joaquin Phoenix no papel

Phoenix explicou no Festival de Cinema de Veneza que “para ele, a atração para fazer este filme e seu personagem foi que a abordagem poderia ser realizada como quisessem e que ele não teria que se espelhar em interpretações passadas do personagem”. De acordo com o diretor Todd Phillips, ele e Phoenix se encontraram seis meses antes das filmagens para esboçar o personagem, sua aparência e sua risada. Mas foi a perda de peso dramática do ator (23 kgs) que chamou mais atenção.Sobre isso, Phoenix disse que ao perder peso, a sua psicologia também mudou bastante, pois “você fica louco quando perde essa quantidade de kgs me pouquíssimo tempo”. Ele também disse que durante o esboço do personagem, ele estudou assassinos políticos que achou interessante e os diferentes tipos de personalidades que fazem esses tipos de coisas. Este filme ainda vai dar muito o que falar. Corra para o cinema mais próximo e você não se arrependerá!

← Conhece o movimento Movember? Álbuns que estão agitando 2019 →